O poder da empatia no ambiente de trabalho

Empatia

Por que você precisa desse atributo para construir uma cultura bem sucedida na empresa
Ter essa habilidade é como ter super poderes no ambiente de trabalho.
Como você descreveria um super poder no ambiente de trabalho? Palavras como “inspirador”, “influente” e “poderoso” viriam à mente, mas você raramente pensaria em “empático”.
A empatia é uma habilidade que muitas vezes é negligenciada no local de trabalho. Determinado por Frans de Waal como a “cola social que retém a sociedade humana”, a empatia refere-se à consciência dos sentimentos, necessidades e preocupações de alguém e de outras pessoas.

Ter a capacidade de ser empático foi comprovada para evitar uma má moral, mal-entendidos e conflitos, permitindo, assim, que uma pessoa construa relacionamentos significativos e duradouros com outros. Por conseguinte, a empatia é o ingrediente chave subestimado para o sucesso pessoal e profissional.

Empatia versus simpatia: qual é a diferença?

Mesmo que muitas pessoas acreditem que a empatia e a simpatia são semelhantes, são de fato qualidades completamente diferentes. A empatia é a capacidade de entender os pensamentos, as emoções e as experiências de outro indivíduo, enquanto a simpatia provoca sentimentos de piedade e tristeza pelo infortúnio de outra pessoa. Em outras palavras, a empatia é a capacidade de entrar nos sapatos de outra pessoa, estar ciente de seus sentimentos e considerar suas necessidades.

Como você pode desenvolver empatia no local de trabalho?

Preste atenção.

Na maioria das vezes, esquecemos de levar em consideração a forma como outras pessoas se sentem porque estamos tão preocupados com nossos próprios pensamentos. Esta mentalidade pode causar mal-entendidos e conflitos entre a equipe, conseqüentemente, criando um ambiente tóxico e pressionado.

É por esta razão que os funcionários precisam ser autoconscientes e mais conscientes dos outros, aproveitando o tempo para entender os sentimentos da outra pessoa antes de julgar. Por exemplo, ao falar com seus colegas, não apenas tome o que eles estão dizendo ao seu valor nominal; Pense sobre o que está sendo dito e como eles estão dizendo isso. Existem certas expressões faciais, gestos ou ritmo de fala que estão em contradição com o que eles estão dizendo? Estar ciente das pistas não-verbais e refletir sobre o que foi dito permitirá que sua equipe reconheça e responda de maneira muito mais solidária.

Esteja disposto a ouvir.

É preciso mais do que ser um observador empático; Você também precisa estar disposto a ouvir. Um relatório recente do Oxford Open Learning Trust mostra que as três principais habilidades que os líderes empresariais procuram em seus funcionários são habilidades em lidar com pessoas (71 por cento), habilidades de trabalho em equipe (70 por cento) e forte comunicação efetiva (68 por cento).

Todas essas habilidades requerem uma habilidade importante: ouvir. Se seus colegas querem dar uma idéia ou estão buscando conselhos, estar preparado para ouvir essas demandas aumentará a colaboração em equipe e criará uma rede mais positiva e de apoio. Particularmente para aspirantes a líderes ou gerentes, a empatia permite que você alterne o foco de suas ambições pessoais para as da equipe, ajudando os outros com seu desenvolvimento de carreira e compreendendo o que é melhor para o sucesso da empresa.

Lembre-se da visão da empresa.

Em um estudo do Desenvolvimento Internacional de Dimensões (DDI) de mais de 15.000 líderes em todo o mundo, a empatia foi determinada como o principal motor de desempenho do empregado. Por quê? A empatia ocorre na forma como sua empresa compartilha sua visão com seus funcionários. Permitir que seus funcionários se sintam parte de uma rede que esteja trabalhando em colaboração com o mesmo objetivo pode resultar em uma força de trabalho mais dinâmica. Crie um periódico interno mensal onde seus funcionários possam comemorar o sucesso da empresa, discutir projetos atuais e até mesmo participar de competições que permitirão aos seus funcionários ver o quadro maior e apoiar os valores da empresa, gerando uma cultura de trabalho inclusiva, positiva e cooperativa.

Por que a empatia é importante no local de trabalho?

De acordo com um estudo da Businessolver, 31% dos funcionários acreditam que o lucro é tudo o que interessa à sua organização e que sua empresa não se preocupa com seus funcionários. Esta estatística demonstra como uma quantidade substancial de funcionários em todo o mundo vê seu local de trabalho como sem emoção, exigente e de alta pressão, acreditando que o único propósito de sua organização é impulsionar o sucesso financeiro, mesmo à custa de sua força de trabalho. Ter essa percepção espalhada pelo negócio pode ser extremamente prejudicial para a visão da empresa, diminuir a produtividade da equipe e reduzir a moral dos funcionários.
As pessoas são a base de qualquer empresa de sucesso. É por esta razão que o tipo de ambiente que é promovido pode desenvolver ou dificultar o futuro do negócio. Ao implementar uma abordagem mais empática, irá gerar um ambiente de trabalho muito mais respeitoso, positivo e produtivo para a equipe.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *