Cordões para Crachá como Peça de Marketing

Hoje em dia cordões para crachá não são apenas para uso pessoal, mas a maioria das empresas vem utilizando cordões personalizados para promover sua marca e logotipo. As pessoas costumam utilizar cordões personalizados sem pensar duas vezes, pois são muito úteis no dia a dia e podem compor o uniforme. Cordões Personalizados  também são perfeitos para promoções de produtos e serviços. Usá-los durante feiras, congressos, shows  e eventos corporativos é a certeza de ter sua marca exposta ao público com um custo muito baixo.

 

Mas antes de decidir quais cordões utilizar em uma campanha de marketing, aqui vai algumas dicas para levar em consideração.

Confira a qualidade

Cordões para crachás possuem uma alta durabilidade devido aos materiais que são utilizados em sua confecção. O tecido de poliéster é  muito resistente e uma impressão de qualidade irá garantir que seu cordão não irá desbotar. No entanto se o cordão não for confecionado com materias de qualidade sua durabilidade pode ficar comprometida e seu investimento será perdido. Por isso é importante solicitar amostras físicas antes de fechar uma compra.

Considere o design

O design dos cordões personalizados cumpre um papel muito importante para o sucesso da campanha.  É necessário que o design chame a atenção dos observadores, porém sem dificultar a leitura da mensagem ou vizualização da marca e que seja consistente com a identidade visual de sua empresa.  Ou seja, vai muito além de apenas dispor o logotipo sobre uma superfície, é importante que esse trabalho seja feito por designers profissionais.

Considere o preço

Outro aspecto é fazer uma pesquisa ara obter o melhor preço, dentre os fornecedores de melhor qualidade. Como gestor você deve procurar o melhor retorno sobre seu investimento e para isso é necessário fazer pesquisas de mercado. Uma boa alternativa é procurar por recomendações e avaliações sobre os possíveis fornecedores.

 

Confira os Cordões Para Crachá EXXPRESS

expo

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *