4 Dicas Para Valorizar os Funcionários

Imagine um lugar em que seu trabalho não seja apreciado, seu esforço passe despercebido e você poderá ser substituído em um instante. Não é exatamente um lugar que você gostaria de trabalhar por muito tempo, né?

Como gerente, esse não é o tipo de ambiente que você deseja criar – não se você quiser que seus funcionários permaneçam na sua empresa. Portanto, uma de suas responsabilidades mais importantes é fazer com que seus funcionários se sintam realmente valorizados, informando que, sem eles, sua empresa, seu departamento – e até mesmo você – estariam em uma situação pior.

Mas, como fazer isso diariamente, especialmente se você não tem o poder de tomada de decisão ou os recursos de um executivo superior? Existem 4 formas simples de fazer toda a diferença para seus funcionários se sentirem mais valorizados. Confira!

1. Reconheça e seja verdadeiro nas conversas

Boa parte dos funcionários e gerentes têm a ideia de que todos são substituíveis. Mas, saiba que parte do sentimento de valor ocorre quando os funcionários sabem que acrescentam algo à empresa.

Para transmitir isso de maneira eficaz, pense em como você aborda as conversas diárias com seus funcionários. Ao atribuir uma nova tarefa, por exemplo, vá além do básico. 

Ao invés de dizer simplesmente:  “Aqui estão as informações do seu próximo cliente para criar o site“, você pode dizer: “Você fez um ótimo trabalho ao desenvolver esse site na semana passada. Temos um novo cliente que parece bastante exigente e, como o seu trabalho é tão detalhista, acredito que você vai se sair bem.”

Ou, ao começar a dar às pessoas um trabalho mais desafiador, reconheça claramente o que está fazendo e o motivo: “Você fez uma ótima apresentação durante a reunião da equipe na semana passada, então acho que você pode lidar com uma apresentação mensal do cliente com algumas de nossas maiores contas.” 

Quanto mais você reconhecer as contribuições específicas de seus funcionários para a equipe, mais insubstituíveis eles se sentirão.

2. Mostre que os outros também precisam deles

Embora o reconhecimento possa servir como um grande motivador, ele também pode se tornar um pouco rotineiro quando sempre vem de um mesmo gerente direto ou coordenador. 

Não estou dizendo que você deve hesitar em recompensar seus funcionários por um trabalho bem feito, é claro que sim. Mas, lembre-se de que o feedback de outras pessoas pode trazer um pouco mais de impacto – e mostrar à sua equipe que eles não são apenas apreciados por você, mas também por clientes, colegas de trabalho e até executivos.

Portanto, preste atenção quando um cliente envia um e-mail para compartilhar a incrível experiência que ele teve com um funcionário ou quando alguém de outro departamento informa que “Andressa me ajudou a finalizar uma apresentação importante, ela é ótima!” Então, compartilhe. 

Seja em particular (por meio de uma conversa individual ou por e-mail) ou em público (em um quadro de mensagens da empresa ou durante uma reunião de equipe), você mostrará a seus funcionários que eles estão causando impacto nos clientes e colegas de trabalho – e eles serão lembrados da importância do trabalho deles.

3. Desafie seus funcionários

Todo trabalho tem responsabilidades e atividades cotidianas que precisam ser feitas. Mas, é importante equilibrar esse trabalho diário com tarefas desafiadoras também. Quando você distribui apenas tarefas repetitivas (ou tarefas abaixo do nível de habilidade de alguém), está demonstrando que realmente não precisa de seus talentos individuais específicos. Por exemplo, qualquer um pode atualizar uma planilha de informações do cliente, não é mesmo?

Por outro lado, quando você atribui a um funcionário uma tarefa desafiadora e realmente deposita sua confiança nele, o que você está dizendo é: “Eu sei que você é capaz disso e confio que você faça um ótimo trabalho. “

Por isso, descobri que é importante encontrar constantemente novas maneiras de desafiar meus funcionários – isso significa desenvolver novos projetos especificamente para seus talentos ou apenas estar mais ciente do que cada pessoa faz melhor e atribuir tarefas de acordo. 

Também selecione cuidadosamente os funcionários para a tarefa de treinar novos contratados – dando às pessoas essa responsabilidade de transmitir que você não apenas pensa que eles estão fazendo um bom trabalho no dia-a-dia, mas também deseja que os novos funcionários desenvolvam seus mesmos hábitos, habilidades e comportamentos no ambiente de trabalho. 

4. Reconheça-os como indivíduos

Para melhorar a moral da equipe, é ótimo fazer algo por toda a equipe, como pagar um almoço ou trazer bolo e pão de queijo, mas evite oferecer um mesmo benefício ao seu melhor vendedor que bateu todas as metas e para um estagiário que acabou de chegar na empresa.

Para realmente fazer com que os funcionários se sintam valorizados, não há problema em destacá-los e recompensá-los de acordo com suas realizações – e com algo que o resto da equipe não necessariamente ganhará. 

Por exemplo, selecione um funcionário para participar de uma conferência em seu lugar. Descobri que mesmo pequenos gestos são muito úteis: se eu tenho um funcionário que fez algo excepcional durante a semana, vou permitir que saia do trabalho uma ou duas horas antes em uma sexta-feira.

Outra forma simples, mas muito importante para começar a valorizar seus funcionários é com um crachá personalizado de identificação, ter um nome e foto vinculado ao logo da sua empresa, fará com que ele se sinta parte daquilo tudo. Considere também um cordão para crachá e outros acessórios da sua marca.

Outros artigos do blog que podem te interessar:

Boa leitura! 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *